19/05/2021 - Obesidade e câncer, qual a relação?

A obesidade, caracterizada pelo excesso de gordura corporal, é considerada fator de risco para diferentes doenças como diabetes, hipertensão e problemas cardiovasculares. No entanto, a condição também pode favorecer o desenvolvimento de alguns tipos de câncer.
Isso porque a alimentação inadequada afeta diretamente o sistema imunológico, contribuindo para o aparecimento de patologias graves. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) considera a alimentação inadequada a segunda causa evitável de câncer, atrás somente do tabagismo.
De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde desenvolvida pelo Instituto de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgada no ano passado, o número de jovens (20 anos ou mais) obesos mais que dobrou no período de 2003 a 2019 no Brasil. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 13 em cada 100 casos de câncer no País são atribuídos ao sobrepeso e à obesidade.
A nutricionista do Hospital Amaral Carvalho (HAC) Ana Elisa Brandão dos Anjos afirma que os números refletem falta de conscientização da população e deve servir de alerta. “A gordura corporal em excesso provoca um estado de inflamação crônica e favorece o desenvolvimento de diversos tipos de câncer, como de esôfago, estômago, pâncreas, fígado, intestino, rins, mama, endométrio, entre outros”. A profissional fala ainda que já existem estudos que relacionam a obesidade à ineficiência terapêutica e redução da qualidade de vida. “Se o paciente for portador de comorbidades associadas à obesidade, consequentemente mais complicações com o tratamento ele pode vir a ter.”

Pacientes oncológicos
Ana Elisa recomenda que pacientes obesos em tratamento oncológico optem por escolhas mais saudáveis. “A orientação é substituir frituras, doces, refrigerantes, alimentos processados e ultraprocessados por alimentos in natura como frutas, verduras e legumes e manter hábitos saudáveis”. A dica vale também para pacientes que não têm comorbidades. “Além de manter comportamento alimentar saudável, é necessário praticar atividades físicas regulares”, completa.

Serviço
O Hospital Amaral Carvalho disponibiliza o serviço de Nutrição que orienta pacientes sobre alimentos adequados para a dieta durante o tratamento. A equipe avalia as condições de cada paciente e auxilia de forma individualizada na melhora da qualidade de vida e redução dos efeitos colaterais causados por conta do tratamento. Em caso de dúvidas, o paciente pode entrar em contato pelo telefone (14) 3602-1370.

 

Autor: Estela Capra