22/07/2013 - Hemonúcleo Regional de Jaú coleta mais de 100 bolsas de sangue em campanha dos bombeiros

   Cerca de 150 pessoas participaram da campanha Bombeiro Sangue Bom que ocorreu na manhã do último sábado, no Aeroclube de Jahu, e coletou bolsas de sangue para o Hemonúcleo Regional de Jaú. A ação foi promovida pelo Corpo de Bombeiros da cidade.
   Dos doadores que compareceram ao local, apenas 109 puderam doar em virtude de gripes e resfriados. O coordenador médico do Hemonúcleo, Marcos Augusto Mauad explica que esse é um problema comum no inverno, motivo pelo qual o número de doações diminui expressivamente nesta época do ano.
   O médico afirma que a campanha dos bombeiros ocorre em uma época fundamental e a ação em Jahu e algumas cidades da região, ajuda a manter os estoques do Hemonúcleo Regional de Jaú estáveis para atender a demanda dos 11 hospitais das nove cidades que atende.

Por que doar sangue?
   A doação de sangue, de acordo com Mauad, é uma ação de segurança social. “Ninguém quer ter que receber sangue, é uma questão de emergência. Quando isso acontece, os hemocomponentes devem estar prontos para o uso, o que ocorre de 2 a 3 dias depois da doação. Por isso, é importante que as pessoas tenham consciência de que a doação de sangue é importante para manter os estoques abastecidos para casos de urgência.”
   Para os organizadores da campanha em Jahu, o Tenente Kato e o Cabo PM Togashi, do Corpo de Bombeiros da cidade — ambos doadores de sangue — a doação é um ato de solidariedade que deve ser exercido pelas pessoas. E o Tenente Huzek, do Tiro de Guerra de Jahu, complementa: “é uma oportunidade que temos de ajudar ao próximo.”

Apoio
   Pelo segundo ano consecutivo, Remédicos do Riso (grupo de voluntários da Fundação Hospital Amaral Carvalho) e o Tiro de Guerra de Jahu apoiam a campanha: os palhaços voluntários promovem carreatas de divulgação da coleta e o TG incentiva os jovens atiradores a doarem sangue. “Hoje temos 95 atiradores e cerca de 50 participaram voluntariamente desta campanha. Alguns não puderam vir, pois doaram recentemente, outros estão gripados. Mas temos uma adesão muito grande por parte dos atiradores”, afirmou o Tenente Huzek.
   Mauad ressalta que, além da doação dos atiradores, não só na campanha Bombeiro Sangue Bom, mas em ações próprias do TG no decorrer do ano, quando os rapazes vão ao Hemonúcleo para doar sangue, o Tiro de Guerra promove entre os jovens o espírito de solidariedade. “Divulga e conscientiza os meninos sobre a importância da doação de sangue e os estimula a serem doadores ativos. Para o Hemonúcleo essa medida educativa é fundamental.”
   É o caso do atirador Daniel Henrique Brunassi, 18 anos, que participou da campanha no sábado e doou sangue pela primeira vez. “Sempre tive vontade de ajudar, hoje estou apto a doar, mas um dia, sou eu quem pode precisar de sangue”, disse.
   O jovem contou que a doação foi rápida e não doeu. “Foi mais tranquilo do que eu imaginava. Aconselho que as pessoas doem e assim que puder, vou doar novamente.”

Segurança
   A doação de sangue é um procedimento seguro, especialmente nas coletas externas, que seguem as normatizações do Ministério da Saúde, conforme explica Mauad. “É uma reprodução da coleta que é feita internamente, na sede do Hemonúcleo Regional de Jaú. Todo o material é descartável e oferecemos suporte necessário para qualquer intercorrência”, relata.

Você pode ajudar
   Até o fim do mês, o Hemonúcleo Regional de Jaú irá coletar sangue em outras cidades que participam da campanha Bombeiro Sangue Bom. Confira a agenda:
   Dia 23 — Escola Josepha (Rua José Custódio, nº. 1175 – Centro de Ibitinga), das 14h às 21h.
   Dia 25 — Confecções Andreza (Chácara Água Quente, S/Nº. – Bairro Chácara Água Quente - Ibitinga), das 16h às 22h.
   Dia 27 — Escola Josepha (Rua José Custódio, nº. 1175 – Centro - Ibitinga), das 7h30h às 12h.
   Dia 30 — Corpo de Bombeiros (Avenida Julio de Oliveira Dorta, 1265 - Porto Ferreira), das 18h às 22h.

SAIBA MAIS
   Há 8 anos, no mês em que é celebrado o Dia do Bombeiro (2 de julho), os postos de Corpos de Bombeiros paulistas realizam campanha de coleta de sangue para abastecer os estoques de hemocentros do Estado, movimento chamado “Bombeiro Sangue Bom”. O objetivo é incentivar a doação de sangue no inverno e no período de férias escolares, quando o número de doações diminui consideravelmente e os acidentes nas estradas aumentam. São arrecadadas anualmente, um pouco mais de 100 bolsas de sangue.


   Confira as fotos no Flickr: http://migre.me/mPVtr
 

Autor: Ariane Urbanetto